Google Shopping: Conheça as principais vantagens

Ter uma loja virtual é um desafio, e muitas empresas e vendedores optam por utilizar o Google como um de seus principais canais de venda, porém, uma das ferramentas é constantemente esquecida, ela é o Google Shopping. Segundo dados do Google, essa ferramenta corresponde hoje a apenas 20% dos cliques pagos em busca, ou seja, existe muito potencial não explorado nesse método.

Inicialmente é preciso entender o que é o Google Shopping, e a ideia por trás da ferramenta é muito simples: exibir produtos para consulta do usuário, ao mesmo tempo que disponibiliza espaço para as lojas, é algo próximo a um Buscapé só que dentro do Google.

Outra peculiaridade é a forma que esse anúncio é exibido, diferente dos anúncios de texto, o Shopping utiliza um feed de atualização, que é composto por vários elementos, entre eles: Foto do produto, título do produto, descrição do produto e link. Abaixo um exemplo de disposição dos anúncios Google Shopping.

google-shopping

Estes anúncios costumam ser mais eficientes que links de pesquisa, pois mostram uma imagem de qualidade e ao mesmo tempo dispõe do preço do produto, nome da loja e descrição do produto.

OTIMIZANDO ANÚNCIOS DO GOOGLE SHOPPING

Outro fator importante é que o Google Shopping costuma aparecer ou no topo das procuras ou no lado superior direito, em locais muito visíveis, fator determinante para o sucesso da campanha, porém, assim como nos links de pesquisa é preciso otimizar a campanha para melhor posicionamento, para isso utilizamos algumas técnicas:

  1. Tag Title da página de destino – O título da página da sua loja é importante para que o Google entenda que o anúncio está de acordo com o destino.
  2. Imagens – boas fotos fazem toda a diferença, claro, o Google sempre procura mostrar o melhor conteúdo aos seus usuários.
  3. Descrição do produto – O anúncio deve ser detalhado, contendo todos as variáveis do produto, deve-se ser o mais personalizado possível, mostrar diferencial nesse ponto, para não ser apenas mais um anunciante.
  4. Feed Automático – O feed dispõem de vários tópicos, que devem ser ou preenchidos manualmente através de um planilha ou via XML, de ambas as formas deve-se dar atenção a categorias de produto, descrição, preço etc.

Portanto, a partir de agora, ao pensar em estratégias de vendas online, não esqueça de incluir o Google Shopping em seu planejamento, pois é um canal importantíssimo para maior exposição e vendas, contando com baixa concorrência e altas taxas de conversão. Comece a usar o Shopping Ads e veja quanto ele vai funcionar para seu e-commerce.

Leave a Comment