divulgação do seu canal

10 Dicas de como divulgar seu Canal no Youtube

O YouTube, dentro do marketing digital, é uma opção promissora. Além da popularidade da plataforma —o segundo maior buscador do mundo, depois só do Google— é lá que se encontram muitos digital influencers. Mas supondo que você quer investir no seu próprio conteúdo, como é possível ganhar inscritos no canal do YouTube? Como melhor divulgar?

Afinal, nem o melhor conteúdo do mundo ajuda muito se ninguém está assistindo!

Por isso vamos ver 10 dicas para divulgar seu canal. Claro, antes de mais nada você precisa criar um canal do YouTube. Mas vamos assumir que ele já existe.

1. Conheça seu Público

Isso vale para qualquer estratégia de marketing; é preciso saber com quem você está falando. Isso geralmente é feito através da criação de uma persona, ou seja, o seu cliente ideal fictício.

Conhecer sua persona é importante só na hora de planejar seu conteúdo, como na hora de divulgá-lo. Quanto mais detalhes você conhecer da sua persona, mais afiada vai ser a divulgação.

2. Invista no SEO

Quando se fala em SEO (Search Engine Optimization), quase sempre se fala em termos do Google. Mas ele vale pra todo mecanismo de pesquisa, incluindo o YouTube (o segundo maior buscador do mundo, certo?)

O objetivo do SEO é ajudar seu conteúdo a aparecer como resultado das pesquisas realizadas no site. Mecanismos de pesquisa sempre procuram apresentar os melhores resultados primeiros. Mas cada um tem suas próprias regras. E isso vale em dobro para o YouTube, porque além dos resultados de pesquisa, ele está sempre decidindo quais vídeos “relacionados” vai exibir.

3. Primeiras Impressões

Qualquer vídeo vai chamar a atenção primeiro por dois fatores: seu título, e sua miniatura (também chamada de thumbnail), aquela imagem capa que aparece antes de se clicar em um vídeo.

Esse é o primeiro convite ao público, então precisa ser caprichado. Títulos devem ser simples, com menos de 60 caracteres, mas também devem transmitir claramente sobre o que é o vídeo e porque você deveria assisti-lo. Falando em SEO, aqui é um bom lugar para colocá-lo em prática.

Já as miniaturas devem ser clara e atraentes — não se esqueça que elas vão ser visualizadas na barra lateral, ou na página inicial, bem menores que a tela inteira de um vídeo.

4. Crie um Calendário

Manter um cronograma de postagens constante envolve um pouco de tentativa e erro. Postagens demais, constantes, e seu público se sente soterrado. Além disso, a qualidade pode sofrer. Postagens de menos e o canal parece abandonado. Por isso, para encontrar sua frequência perfeita, é preciso sentir um pouco, sempre de olho nas métricas.

Mas não importa qual seja sua frequência, ela tem que ser constante. Uma fonte continua de conteúdo vai ajudar seu canal a crescer pouco a pouco.

5. Engajamento

O YouTube é uma mídia social também, e por isso é importante interagir com seu público. Isso pode significar responder comentários — especialmente no começo do seu site, quando ainda é possível ler todos, ou pelo menos a maior parte deles.

Também pode significar promoções ou concursos, especialmente aqueles em que os usuários criam conteúdo para o canal (“Nos diga em cinco palavras porque você ama X”). E também significa interagir com outros canais, deixar comentários, se envolver com a comunidade.

6. Realize Parcerias

Falando em outros canais, essa é uma dica que você não pode passar. Realize parcerias com outro canais, com digital influencers, para divulgar o seu conteúdo.

Essa estratégia é benéfica para os dois parceiros, porque os ajuda a alcançar um público similar ao seu próprio, mas que ainda não tinha chegado ao seu canal. Um canal de receitas, por exemplo, é um parceiro excelente para um canal de equipamento de cozinha.

Mas lembre-se, nesse momento, a autenticidade é essencial. Não é a hora de fazer discurso de vendas. É hora de se apresentar, e ao seu canal.

7. Promova seu Canal nas Redes Sociais

Se você quer divulgar seu canal no YouTube, não significa que precisa divulgar apenas no YouTube. Faz muito mais sentido aproveitar todas as redes sociais ao seus dispor (assumindo que você tenha perfis bem pensados nelas!)

Você pode, por exemplo, criar um post no blog detalhando um pouco mais algum assunto abordado no seu vídeo. Ou compartilhar o lançamento de um vídeo novo no Twitter ou Instagram.

8. Use CTAs

CTAs, Calls to Action, já são tão clássicos na cultura do YouTube, que é impossível encontrar um YouTuber de sucesso que não os use. E no caso do canal, eles são bem conhecidos: pedidos para se inscrever no canal, ou para compartilhar, comentar, etc.

Seja claro com o que você quer que seus espectadores façam, assim eles sabem exatamente qual o próximo passo uma vez que o vídeo termina.

9. Crie Playlists

Um dos parâmetros utilizados pelo YouTube é o tempo total que um expectador passa consumindo seu conteúdo. Para isso, as Playlists são uma aposta excelente.

Em primeiro lugar, elas são muito práticas para organização, especialmente se o seu canal produz vários tipos diferentes de conteúdo, e um seguidor quer achar um tipo específico. Em segundo lugar, Playlists levam o usuário a assistir um vídeo atrás do outro, o que é excelente para divulgação.

10.  Divulgação Paga

Por último, ainda é possível investir monetariamente. Você pode optar pelo próprio YouTube Ads, para divulgar seu canal no início de outros vídeos da plataforma, ou nos Recomendados, na barra lateral. E voltando ao uso de outras plataformas, você pode até divulgar pelo Facebook Ads ou Instagram Ads.

Leave a Comment